A GRANDE NOTÍCIA

Quão doce foi a notícia,
Que veio embalar a minha alma,
Trazendo alegria tão intensa
A ponto de quase infartar.

Logo o mais experiente,
Que pelo feito já passou
Em tom grave me adverte:
“ - Seu sossego conjugal acabou.”

Nem mesmo a dura sentença,
Foi capaz de me tirar
Da euforia da notícia
Que me fazia bailar.

De nuvem em nuvem,
De sonho em sonho,
Fui embora sorrindo
Até o dia de acordar
Com a meiga voz me chamando:
“- Vovô, vamos brincar.”

Benoni Kraul de Miranda Pinto